Mais de 170 jovens terminam formação técnico profissional no Uíge

 Mais de 100 jovens concluíram neste sábado, o curso de formação técnico-profissional em informática e economia doméstica, promovido pelo centro de formação profissional São João Calábria, adstrito a igreja Católica.

Com duração de nove meses, a formação insere-se nas acções da igreja Católica, na província do Uíge, que visam fomentar o auto-emprego juvenil e reduzir a pobreza.

Durante o encerramento, o representante do Instituto Nacional de Emprego e Fomento Profissional (INEFOP), Benjamim Ricardo, afirmou que a formação técnico-profissional tem grande importância para o desenvolvimento do país e, ao mesmo tempo, na melhoria da condição de vida da população, visto que contribui, grandemente, para o fomento dos empreendedores jovens.

Benjamim Ricardo, pediu aos formandos a colocarem em prática os conhecimentos teóricos e práticos adquiridos, criando seus próprios negócios para dar emprego aos outros jovens.

Por sua vez, o director do centro profissional São João Calábria, Miguel Cacheque, considerou a formação técnico profissional como sendo um pressuposto importante para o desenvolvimento do país.

Apelou aos formados a trabalharem de forma contínua com os conhecimentos adquiridos para melhorar, cada vez mais, as suas competências para que sejam bons profissionais na prestação dos seus serviços.

O centro de formação profissional São João Calábria, afecto a igreja Católica, existe há 17 anos e ministra os cursos de informática, canalização, economia doméstica, electricidade, serralharia, corte costura, entre outros.

 

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria