Administradores a controlo remoto

Moradores dos distritos da província de Luanda dizem enfrentar dificuldades para tratar documentos nas administrações dos bairros em que residem. Em causa está a divisão político-administrativa de Luanda, que distancia as estruturaras administrativas das populações locais.

Resultado de imagem para luther rescova

Nesta reportagem sobre o funcionamento das adminis­trações distritais, o Jornal O Apostolado procurou saber dos moradores o impacto da nova divisão político-admini­trativa sobre as suas vidas.

Moradores de alguns distritos do município de Luanda dizem enfrentar dificuldades para tratar documentos nas administrações das zonas em que residem. No Distrito Urbano do Ngola Kiluan­je, alguns moradores dos bairros N´Dala Mulemba e Farol das Lagostas, afirmaram que a distância que os separa da administração é tanta que procuram tratar documentos nas Comissões de Moradores. “Uns deslocam-se a pé até à administração, para procurar resolver os seus problemas”, afirma João António, morador da zona há mais de 15 anos.

Mais dados na versão imprensa

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria