As relações entre Angola e o Vaticano serão mais sólidas em 2017

Angola e São Tomé

O Núncio Apostólico em Angola e São Tomé, Dom Petar Ragic, assegurou que as relações entre Angola e o Vaticano continuam salutares e que a igreja vai continuar ajudar Angola no capítulo da educação, unidade e progresso, e em 2017, o trabalho deverá passar pela solidificação das mesmas.

No quadro da missão espiritual que norteia as acções da igreja, Dom Petar Ragic, garante que a igreja católica vai continuar ajudar o país a manter a educação do seu povo, a unidade e progresso para melhor prosperidade de todos os angolanos.

Por outro lado, o representante do Santo Padre em Angola e São Tomé considera que o registo eleitoral é um acto cívico de participação na vida social do país, sendo que as eleições concorrem para a organização de qualquer sociedade.

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria