Bispo da igreja católica apela partilha com pobres

Don José Nambi, apelou este domingo, na cidade do Cuíto, os fiéis daquela congregação no sentido de solidarizarem-se com as pessoas mais carenciadas, como forma de seguir os ensinamentos do filho de Deus Jesus Cristo e da Igreja.

Falando hoje, na missa do trigésimo terceiro domingo do tempo comum, que visa recordar o dia mundial dos pobres e o encerramento da primeira assembleia ordinária da comissão diocesana para as famílias, disse que uma verdadeira família cristã deve ter o hábito de ajudar os pobres com o pouco que tem para dar-lhes dignidade na sociedade.

“As pessoas que ficam nas ruas, em residências, instituições a pedir alguma coisa para vestir, comer, beber, entre outras ajudas, devem merecer carinho, o amor por parte da sociedade”, salientou.

Para minorar o fenómeno meninos de rua e na rua, que segundo ele traduz-se em pobreza, aconselhou os pais e encarregados de educação a prestarem maior atenção aos filhos.

Os pais devem cultivar os valores de paz, caridade, humildade, solidariedade e outros no lar, incutindo aos filhos a importância da formação académica e profissional, para que se tenha homens dignos e preparados para enfrentar os desafios do país.

A primeira assembleia ordinária da comissão diocesana para as famílias realizou-se sob o lema: ”O amor é a nossa missão”, e visou despertar os cristãos e a sociedade no geral da necessidade da solidariedade às pessoas carenciadas e o reforço do amor ao próximo.

Testemunhou a missa o pároco da sé catedral, padre Fernando Tchimo, membros do governo e o povo santo de Deus.

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria