Cidadã congolesa mata marido à facada por ciúmes no Palanca

Uma mulher de nacionalidade congolesa, de 22 anos de idade, foi detida há dias pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), acusada de matar à facada o marido, conhecido por António Makiesse Kiala, 25 anos, no dia 18 do mês passado, no bairro Palanca, município do Kilamba Kiaxi, em Luanda, depois de uma discussão entre ambos, por ciúmes.

O porta-voz do Serviço de Investigação Criminal, superintendente Fernando de Carvalho, explicou em conferência de imprensa, realizada ontem, no Comando Municipal da Polícia Nacional do Kilamba Kiaxi, que a morte de António Kiala ocorreu depois de o casal ter saído de uma lanchonete, já em zangas, em direcção a casa, por volta das 21 horas.
Já dentro de casa, o casal de nacionalidade congolesa, residente na rua 10 do bairro Palanca, há um ano, continuou com a discussão, tendo a acusada recorrido a uma faca e desferido vários golpes que provocaram ferimentos graves na região do pescoço e da barriga do marido.
Socorrido pelos vizinhos, que o transportaram até ao Hospital Geral de Luanda, António Kiala não resistiu aos ferimentos graves, acabando por morrer naquele fatídico dia, por volta das 21 horas. Segundo fonte do SIC, o motivo da discussão tem a ver com o facto de a mulher ter sido saudada por um conhecido, situação que provocou ciúmes ao marido, culminando com cenas de pancadaria no interior da residência.
O casal vivia em comunhão há mais de um ano, ambos vindos da República Democrática do Congo e não tinham filhos. A mulher tem um filho, fruto de uma outra relação.
Ela está detida e o processo-crime corre os trâmites legais junto do Serviço de Investigação Criminal, indiciada no crime de homicídio voluntário qualificado, cuja moldura penal vai de 20 a 24 anos, de acordo com o Código Penal, segundo o jurista Domingos Betico.
O SIC deteve ainda um jovem, de 19 anos, por supostamente ter matado, também à facada, no bairro 28 de Agosto, rua 9, no município do Kilamba Kiaxi, em Luanda, o amigo Arnaldo Afonso, 19 anos, pelo facto de o falecido ter cobrado uma dívida de três mil kwanzas, como resultado da venda de um telemóvel, dias antes.
Numa operação levada a cabo pelas forças da ordem, em Luanda, foi detido um jovem de 18 anos, acusado de matar com golpes de faca, no dia 4 de Maio, deste ano, no bairro do Golfe, o jovem Victor Francisco que circulava na subzona 15.
A vítima foi surpreendida pelo acusado, que em companhia de outro comparsa, ainda em fuga, exigiu dinheiro tendo o falecido resistido ao assalto, o que culminou na agressão física, acabando por morrer no Hospital Geral de Luanda, depois de socorrido por alguns desconhecidos.

Fonte: JA

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria