Comunidade católica no Uíge recomenda acções em prol dos necessitados

Os membros da Obra de Maria, comunidade assistencialista afecta à Igreja Católica, foram domingo exortados a implementação de acções para o bem-estar dos mais necessitados, com vista a cumprir com os objectivos do grupo.

Falando no encontro com as pequenas comunidades do Centro da Cidade, Candombe Velho e Novo, Piscina, Popular e Pedreira, assim como Katapa, o coordenador diocesano da Obra de Maria no Uíge, Alberto Lukoky, pediu aos presentes a cumprirem com as recomendações do encontro.

Para a actividade com os mais necessitados foi recomendada a colheita de bens diversos para ajudar os que não têm condições de festejar o natal condignamente.

Durante o encontro que serviu também para a partilha de experiências  dos membros das diversas comunidades, os presentes foram informados sobre a Preparação do Encontro Anual, a realizar-se na província do Uíge com a presença das demais dioceses do país.

Recordou que a acção do membro da Obra assenta na dedicação ao próximo, praticando a caridade.

“Para além da reflexão da Palavra do Senhor a nossa actividade deve incidir em acções sociais que visam prestar maior atenção aos que sofrem, visando ajudá-los ou confortá-los espiritual e materialmente”, lembrou.

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria