Descriminalizar o aborto é decretar o assassinato diz porta-voz da CEAST

CEAST

E o Porta-voz da CEAST, diz acompanhar com atenção os últimos desenvolvimentos sobre a temática do aborto.
Porém, lamenta que o assunto vida, enquanto valor absoluto, esteja a ser banalizado.
Em entrevista a Rádio Ecclesia, o porta-voz da CEAST, disse que a igreja tem  acompanhado com atenção as ultimas abordagens em torno do aborto.

Dom José Manuel Imbamba, refere que a vida, enquanto valor absoluto não deve ser negociada.
O Vice-presidente da CEAST, exorta para a necessidade constante de se proteger as vidas indefesas,
E para aquelas situações específicas, como é o caso de violações, Dom José Manuel Imbamba, apela o acompanhamento desses casos localizados através de instituições públicas e religiosas.
A nova lei do código penal, instrumento jurídico, que vai orientar e disciplinar a vida das pessoas em sociedade, prevê a condenação da prática do aborto.

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria