Fiéis chamados a cultivar a paz e reconciliação nacional

 O pároco da “Sé Catedral” da Igreja Católica no Cuito, Fernando Tchimo, exortou neste domingo, aos cristãos a cultivarem a paz e reconciliação nacional com vista alcançar harmonia no seio das famílias e sociedade no geral.

O prelado que falava durante a homilia da missa de acção de graças e de apresentação do novo governador da província, Pereira Alfredo, aos crentes católicos, solicitou aos fiéis a primarem pela humildade e solidariedade com o próximo.

Fernando Tchimo  considerou de imperioso que os  cristãos optem pela obediência e sirvam de exemplo na sociedade biena.

Aconselhou as famílias a absterem-se de práticas indecorosas, como uso de bebidas alcoólicas, drogas, tabagismo, prostituição, inveja, calúnia, ódio e confiarem em Deus na solução dos problemas.

Na ocasião, o governador do Bié, Pereira Alfredo, pediu as igrejas na região, a ajudarem o Governo local, na sensibilização da população para evitar os actos de vandalismo de bens públicos.

Mostrou-se indignado com comportamentos de pessoas de má-fé que continuam a destruir os empreendimentos sociais, como escolas, chafarizes, postos de saúde, roubos de cabos eléctricos e outros.

“A cidade do Cuito, nos últimos tempos registou a destruição de postes de iluminação pública com painel solar, pinturas nas instituições, sabotagem de condutas de água potável”, lamentou.

No seu entender, as igrejas na província devem continuar com a sensibilização da população, sobretudo na camada juvenil, visando evitar-se a danificação do património público.

Apelou, por outro lado, a necessidade dos jovens, a manterem-se firmes e contribuírem com ideias positivas na implementação dos projectos, para ajudar o governo a melhorar os serviços sociais, tais como fornecimento de água potável, energia eléctrica, reabilitação de mais estradas, entre outros.

Exortou as famílias a manterem unidade, coesão, sobretudo optando sempre pelo diálogo na resolução dos conflitos, transmissão de valores morais, éticos, patrióticos e culturais.

Assistiram ainda a missa o vice-governador para o sector Político, Social e Económico, Carlos da Silva, o administrador municipal do Cuito, Avis Agostinho Vieira, membros do Governo e deputados à Assembleia Nacional e mais de mil crentes.

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria