Girabola 2019-2020 a festa do futebol arranca

Desportivo da Huíla e FC Bravos do Maquis, em jogo inaugural da primeira jornada da 41ª edição do maior campeonato nacional em futebol

Os protagonistas da maior montra do futebol Nacional vulgo girabola Zap, edição 2019/2020, entram em acção nesta sexta-feira, com o Desportivo da Huíla a medir forças com FC Bravos do Maquis, em jogo inaugural da primeira jornada, às 15h00, no Estádio do Ferrovia, no Lubango.

Desde 2010 que o campeonato é disputado por 16 equipas e Luanda domina de forma esmagadora em termos de conquistas. A capital do país soma 33 troféus distribuídos pelo Petro (15), 1º Agosto (13), ASA (3), Interclube (1) e Kabuscorp (1).

Os outros troféus estão assim distribuídos: 1º de Maio de Benguela (2), Sagrada Esperança (1) e Recreativo do Libolo (4).

O Petro de Luanda tem a maior sequência de vitórias, com cinco (1986-1990), também tem um tricampeonato (1993-1995). O 1º de Agosto vem com uma série de três títulos consecutivos entre 1979 e 1981, e uma sequência de quatro ( (2016 a 2019). O ASA é tricampeão (2002-2004) e o  Libolo é duas vezes bicapeão em cinco anos (2011, 2012, 2014 e 2015).

O nome “Girabola” é responsabilidade do radialista Rui de Carvalho (que foi também ministro da Comunicação Social), foi atribuído em 1979 ao então recém-nascido campeonato nacional de futebol da primeira divisão por despacho do secretário de Estado da Educação Física e Desportos, Rui Mingas.

O 1º de Agosto é campeão da Competição edição 2018/2019

por Tiago Figueira

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria