Igreja católica manifesta reticências em relação ao gradualismo nas eleições autárquicas

A sétima Comissão da Assembleia Nacional convidou nesta Quarta-feira líderes religiosos do país, para colher contributos quanto as soluções necessárias para os problemas que o país enfrenta. Autarquias, proliferação de seitas estiveram em destaque, conforme revelou a Ecclesia o vice-presidente e porta-voz da CEAST, Dom José Manuel Imbamba. 

Sobre as eleições autárquicas, Dom José Imbamba disse que a igreja Católica está preocupada com o gradualismo, modelo autárquico defendido pelo partido no poder. O prelado disse que o gradualismo é um princípio discriminatório.

“A responsabilidade é de todos nós e é bom que todos cidadãos sintam responsáveis daquilo que diz respeito as autarquias”, disse Dom Imbamba, realçando que o modo da implementação das autarquias deve passar um trabalho de base e levando assim as oportunidades em todos municípios e sem descriminação.

 

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria