Noite de caos, carga policial e fogo em Barcelona. Protestos independentistas já fizeram 125 feridos

Governo espanhol indicou que 72 polícias ficaram feridos durante os actos de violência. Há já 51 detidos.

Segundo dia de manifestações em Barcelona

As forças de segurança já detiveram 51 pessoas desde o início dos actos de violência que começaram na segunda-feira na região espanhola da Catalunha, segundo dados provisórios fornecidos esta quarta-feira pelo Governo espanhol.

Os números dão ainda conta de 125 feridos entre os quais 75 polícias que fizeram parte das operações de manutenção da ordem, segundo avança o jornal espanhol El País.

Nos protestos contra a condenação dos principais dirigentes políticos independentistas da Catalunha foram detidas 29 pessoas na província de Barcelona, 14 na de Tarragona e oito na de Leida.

Madrid também dá conta de que em Barcelona os grupos mais violentos fizeram 157 “barricadas com fogueiras” e quatro carrinhas da polícia regional (Mossos d’Esquadra) foram “inutilizadas”.

Há ainda “problemas de limpeza do asfalto o que irá provocar cortes nas calçadas nas ruas centrais”.

Barcelona tornou-se, na noite de terça-feira, cenário de uma batalha campal entre polícias e manifestantes, que construíram barricadas, queimaram mobiliário urbano e pneus, fizeram fogueiras e atiraram pedras e petardos contra os polícias.

Entretanto, o Governo espanhol garantiu que irá manter a segurança na Catalunha apesar do aumento da violência que se tem estado a verificar nas ruas e que, segundo denuncia, são “acções coordenadas” para “acabar com a coexistência”.

O Tribunal Supremo espanhol condenou na segunda-feira os principais dirigentes políticos envolvidos na tentativa de independência da Catalunha a penas que vão até um máximo de 13 anos de prisão, no caso do ex-vice-presidente do governo catalão.

Assim que foi conhecida a sentença, uma série de grupos de independentistas iniciaram movimentos de protesto em todo o território da comunidade autónoma espanhola mais rica.

A polícia anti-distúrbios carregou sobre um grupo que protestava no exterior do aeroporto de Barcelona enquanto outros grupos separatistas incendiaram pneus para impedir a circulação de comboios e alguns bloquearam a circulação rodoviária em estradas da região.

Fonte: CMJornal

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria