Padre apela recuperação da fé na “Semana Santa”

Os cristãos devem recuperar a sua fé abstendo-se das más práticas e construir a justiça, paz e o amor na Semana Santa, apelou hoje, terça-feira, nesta cidade, o coordenador da Comissão Arquidiocesana para a Comunicação Social, padre Pacheco Jonas Simão.

O responsável, que falava à margem das comemorações da “Semana Santa” , que teve início no Domingo de Ramos (25 do mês em curso) e termina com o Domingo de Páscoa (01 de Abril), disse que falta aos cristãos a coragem, a ousadia e a firmeza para travar os impulsos do mundo, pois a paganização e a ausência de valores facilmente levam as pessoas a desistir de lutar por convicções profundas e corretas.

“O tempo da Páscoa é tempo para reafirmar a nossa fé em Jesus, pois o mundo nos dá muitas propostas e discursos, mas a palavra que deve nos guiar é a de Jesus, porque é filho de Deus”, reafirmou.

Fez saber que, devido a grande afluência das pessoas nas missas da paróquia da Sé Catedral, vão passar a contar com mais uma dominical, pelas 12 horas, direcionada à camada juvenil.

Durante a Semana Santa, os cristãos compadecem com o sofrimento de Jesus por meio de um jejum e abstenção ao consumo de carnes, como uma forma de participação à “paixão e morte de Jesus”, por isso, a Sé Catedral programou missas, confissões, via-sacra, baptismos, vigília, ofícios de leitura e oração da manhã.

A data da sua comemoração vária dependendo do ano, porém, por norma, costuma acontecer entre os dias 22 de Março e 25 de Abril. A Páscoa é composta pelo “Domingo de Ramos” , a “Sexta-Feira Santa” (que marca a morte de Cristo na cruz), e o “Sábado de Aleluia” (a vigília dos fiéis a espera pela ressurreição de Jesus).

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria