Pais exortados a abster-se de imposição na educação dos filhos

Os pais e encarregados de educação foram aconselhados a educar os filhos com base no diálogo e abertura, evitando a imposição, aquando de uma formação das famílias cristãs que decorreu domingo na paróquia de São Francisco de Assis, cidade do Uíge.

A acção formativa promovida pela comissão das Famílias visou dotar os casais e demais membros do grupo com instrumentos necessários para educar na transparência e harmonia os filhos e demais membros a sua disposição.

Ao dissertar sobre o tema “Gestão nas famílias Cristãs”, o palestrante António Miguel fez saber que, para alcançar os seus objectivos, as famílias necessitam de organização, planificação, abertura e evitar a imposição das suas ideias aos filhos e outros menores.

A necessidade de colocar em comum os valores cristãos e bens no seio da família, foi por outro lado apontado pelo responsável como o suporte no alcance de objectivos positivos na célula fundamental da sociedade.

“O gestor ou chefe de família deve dar exemplo na sua atitude, maneira de ser e estar para que possa passar bom testemunho. E não é preciso impor porque poderá provocar revolta em vez de obediência”, salientou.

Participaram a formação, famílias provenientes das comunidades de Santa Clara, S. Carlos Stepe, Centro da Cidade, S. Brito, Santa Helena e Cacole.

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria