Pároco da Caponte condena discriminação religiosa

O pároco da Igreja de São José da Caponte, no Lobito  padre José Mombo, defendeu neste Domingo, a necessidade de maior respeito entre os cristãos de diferentes igrejas, a fim de se combater a intolerância religiosa nas comunidades.

No final da missa dominical, o pároco condenou aquilo a que chamou de “discriminação entre os próprios fiéis”. Por isso, insistiu na necessidade de mais respeito pelas crenças religiosas, já que todo o ser humano é filho de Deus.

“A discriminação religiosa não pode existir entre os cristãos, tanto da Igreja Católica, como das outras denominações”, acentuou, sublinhando que a palavra de Deus ajuda a libertar o ser humano de atitudes negativas como a intolerância religiosa.

Por outro lado, o prelado da Igreja Católica no Lobito pediu aos cidadãos que deixem para trás expressões do tipo “ angolano do Norte e do Sul”, porquanto, apenas fomentam sentimentos de divisão nas comunidades.

A missa deste domingo, cuja homília se baseou no Evangelho de São Tiago, ficou marcada pela comemoração do 25º aniversário da Associação de Professores da Paróquia de São José da Caponte.

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria