Promaica aposta na formação da mulher

A formação da mulher em todos os domínios para melhor corresponder às exigências do presente e do futuro consta dos principais desafios da direcção diocesana do Uíge da Promoção da Mulher na Igreja Católica (Promaica) para o presente ano.

A secretária da Promaica, Ana Palmira, que prestou a informação nesta semana, no quadro do balanço das actividades desenvolvidas durante o ano de 2017 pela sua organização, referiu que a Promaica prestará maior atenção, durante o ano em curso, na formação da mulher, sobretudo na alfabetização, culinária e outras, tendo em conta o défice existente neste domínio.

Entre os demais desafios, ressaltou, a organização pretende reforçar as visitas de ajuda e controlo aos municípios, preparar as mulheres jovens para o matrimónio, assim como assegurar a formação bíblica a nível de paróquias e missões.

Ana Palmira informou ainda que a sua organização, que conta com 4.750 membros na diocese, participou durante o ano findo, em todas as actividades planificadas e nas programadas pela diocese, assim como manteve encontros com mulheres de demais igrejas sobre a importância da oração.

Maior atenção foi igualmente prestada em actividades que culminou com a realização do Jubileu diocesano que decorreu no município de Negaje, referenciou.

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria