Religiosas libertadas na Nigéria após dois meses de sequestro

O portal de notícias do Vaticano informou hoje que seis pessoas sequestradas em Novembro de 2017 na Nigéria, incluindo três religiosas, foram libertadas numa acção da polícia local.

A notícia foi confirmada pela superiora do convento do Coração Eucarístico de Cristo, a irmã Agatha Osarekhoe.

As três religiosas tinham sido sequestradas do convento em Iguoriakhi, na região de Ovia, sudeste da Nigéria.

No último dia 17 de Dezembro, o Papa Francisco tinha apelado no Vaticano à libertação das seis pessoas raptadas, unindo-se ao pedido dos bispos católicos do país.

“Rezo com insistência por elas e por todas as outras pessoas que se encontram nesta dolorosa condição”, disse então.

Em Outubro foi libertado na Nigéria o padre italiano Maurizio Pallù, que tinha sido sequestrado; um mês antes, fora raptado e assassinado o padre Ciriaco Onunkwo, no sul do país africano.

O Apostolado Nas Redes Sociais

Twitter O ApostoladoFacebook Jornal O Apostolado

Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria


Apostolado Divisoria